Periodontia

Periodontia – O que é?

Gengiva e ossos que dão sustentação aos dentes. Esta é a área de atuação da periodontia.

Algumas pessoas esquecem que para manter um sorriso bonito e saudável é preciso dar atenção a outras partes da boca, além dos dentes. Por isso, é tão importante estar atento à saúde periodontal.

 

Saiba mais sobre os tratamentos da periodontia:

Plástica de gengiva: 

No geral, a cirurgia é aconselhada para corrigir irregularidades ou defeitos estéticos na gengiva, como crescimento exagerado, perda de altura ou excessos gengivais insatisfatórios.

Um dos casos mais comuns é o da gengiva que cresce além do normal, dando a impressão de que os dentes são pequenos.

 

- PERGUNTAS MAIS FREQUENTES -

1 – Doença periodontal e gengivite são a mesma coisa?

Não. A doença periodontal é uma inflamação dos tecidos que circundam os dentes e atinge o suporte ósseo que envolve as suas raízes. Já a gengivite não compromete a parte óssea e só atinge a gengiva.

 

2- Quais os sintomas em quem desenvolveu uma doença periodontal?

O sintoma mais comum é o sangramento durante a escovação ou com o uso do fio dental. Importante observar também se há inchaço, retração ou acúmulo de comida na gengiva e instabilidade ou mudança repentina na posição dos dentes.

 

3 – O uso do fio dental deve ser suspenso se ocorrer sangramentos?

De forma alguma. Seu uso deve continuar se estiver sendo feito de forma correta. O fato de estar sangrando é sinal de que há bactérias na região e o fio dental é importante na tentativa de removê-las.

 

4- O tratamento pode ser feito com o uso de medicamentos?

Não. É imprescindível para o sucesso do tratamento que a placa bacteriana presa ao dente seja removida e isso só é possível de forma mecânica.

 

5- Como é feita a retirada da placa bacteriana?

Por meio de uma raspagem nas raízes dos dentes. Quando os instrumentos não conseguem atingir as partes comprometidas é indicada uma cirurgia para permitir o acesso.

 

6- Após a retirada das placas, há uma recuperação total dos tecidos?

Infelizmente, não. Exceto a gengiva, os demais tecidos irão apresentar sequelas. Entretanto, as alterações provocadas pela doença periodontal, como a retração gengival ou o deslocamento do dente, por exemplo, podem ser minimizadas com intervenções cirúrgicas e próteses.

 

7- Com qual periodicidade deve ser feita a manutenção do tratamento?

Para evitar que haja reincidência ou progressão da doença, recomenda-se o retorno de 3 em 3 meses, para os casos mais avançados, e de 4 a 6 meses para casos que estejam nos estágios iniciais.

 

8- Como faço para prevenir essa doença?

Com o uso correto do fio dental e uma escovação adequada. Além de limpezas bucais periódicas feitas por um profissional a cada 6 meses.

Av. Castelo Branco - 239 - Horto - Ipatinga/MG - Telefone Recepção: (31) 3824-6670 | Telefone Escritório: (31) 3824-2467